Alteração da tireoide e ganho de peso

O hipotiroidismo se caracteriza por uma diminuição da atividade da glândula tireóide. Mais freqüente em mulheres jovens, embora possa aparecer em qualquer idade e também acometer homens. A causa mais comum é uma inflamação da tireóide chamada de Tireoidite de Hashimoto.É uma doença em geral de evolução lenta com sintomas de cansaço, fadiga, esquecimento, alterações menstruais, queda de cabelo, pele seca, dores musculares, anemia, intestino preso, sonolência, e inchaço.

Deste inchaço vem o o ganho de peso em geral de 2 a 4 quilos.

Ao tentar atribuir o ganho de peso ao hipotireoidismo,se reproduz um costume popular. Essa tradição vem do tempo em que o diagnóstico das doenças da tireóide era muito difícil. Sem os exames atuais que são capazes de dosar a quantidade de hormônios T4, T3 e TSH no sangue, muitos diagnósticos eram errados. A pessoa engordava por outras razões, mas a tireóide era responsabilizada. Virou uma desculpa disseminada. Ao dizer que tem problemas de tireóide, os gordinhos se sentem perdoados.

É preciso entender que a sina da humanidade é engordar. Ninguém está livre disso. Uma pessoa de 30 anos que faz tudo certo e tem peso pena raramente chegará aos 50 com o mesmo corpo. Alguns conseguem, é claro, mas representam a absoluta minoria. Em media pessoas normais ganham em média de 2 a 3 kg por década após os 30 anos.
A obesidade é o preço que pagamos pelo conforto que não tínhamos no tempo das cavernas. Queremos tudo à mão. Comida farta, controle remoto, carro com ar-condicionado, direção hidráulica e vidros elétricos. Tudo isso engorda.

O tratamento do hipotiroidismo é feito com reposição de hormônio tireoidiano em doses individualizadas para cada paciente sendo acompanhando através da dosagem hormonal no sangue. O medicamento dever ser tomado por toda a vida, exceto em alguns casos. Este acompanhamento deve ser preferencialmente feito por um endocrinologista.
Na dose correta com reposição de hormônio T4 não é considerado dopping.

O uso de T3 em formulas para emagrecer há muito foram banidas do receituários dos médicos endocrinologistas, por levar a uma perda de peso a custa de massa magra levando a flacidez.

Ingerir hormônios tireoidianos sem prescrição médica pode trazer conseqüências graves para o organismo, levando ao aparecimento de arritmias cardíacas graves, que podem levar a uma parada cardíaca e,  à morte”.

Em caso de dúvida procure um Endocrinologista.
Dr José Albino Médico Especialista em Endocrinologia e Metabologia em Florianópolis.
Santa Catarina